Novidades

TOYOTA ETIOS

Toda a linha com nova frente

fevereiro 2017

Em agosto de 2016, afastando-se da tradição da indústria automobilística mundial, a Toyota brasileira lançou duas séries especiais de seu carro Etios – Ready! e Platinum – com estilo próprio de carroceria, mostrando linhas dianteiras substancialmente diferentes das do modelo de produção regular.

Assim, sedã e hatch ganharam nova grade e para-choques dianteiro e traseiro redesenhados, enquanto que a versão top Platinum adicionalmente recebeu saias laterais.

Neste janeiro, apresentados como modelos 2018, todas as versões do Etios (à exceção da “aventureira” Cross) passaram a ter direito ao estilo das duas séries especiais; também as saias laterais foram adotadas, porém apenas na versão mais cara XLS.

Além de Ready! e Platinum, a linha Etios é composta das seguintes versões: X (incluindo ar condicionado, vidros elétricos, computador de bordo e banco traseiro com encosto rebatível), XS (mais controle de velocidade na versão com câmbio automático e controles de áudio e de computador de bordo no volante) e XLS (mais rodas de alumínio, faróis de neblina e acabamento interno em padrão couro).

A mecânica não foi alterada: motor de quatro cilindros e 16 válvulas com 1.329 cm3 (88/98 cv) ou 1.496 cm3 (98/107 cv), câmbio manual de seis marchas ou automático de quatro, tração dianteira, suspensão dianteira McPherson e traseira por barra de torção, freios a disco ventilados na frente a a tambor atrás e direção com assistência elétrica.

 

     

Toyota Etios XLS hatch e sedã 2018.

 





Google GmailFacebookTwitter

AUDI A3 SEDAN

Versão brasileira segue o modelo europeu


Logo após sua apresentação mundial, a atualização do Audi A3 Sedan foi estendida à edição brasileira.

Embora discretas, as modificações buscaram acentuar as principais “linhas de caráter” do modelo, especialmente na dianteira, dando um ar mais “feroz” e agressivo ao carro. Os novos faróis mais afilados, que ganharam um inesperado recorte em Z, assim com a grade mais larga e com ângulos mais pronunciados foram determinantes na obtenção do efeito. O para-choque foi levemente modificado.

Na traseira nada mudou, a menos do reposicionamento do filete horizontal do para-choque, agora envolvendo as placas refletoras, e do novo padrão das lentes das lanternas. As imagens a seguir, comparando a versão anterior (branca) com a atual (vermelha), evidenciam o que foi alterado.

 

     

Na dianteira, mudaram os faróis, a grade e as aberturas laterais do para-choque.

 

Também o bem acabado interior recebeu melhorias: volante e alavanca de mudança de direção semelhantes aos do modelo A4, novos defletores de ventilação no painel, luzes internas com leds e sistemas de conectividade aprimorados.

A versão 1.4 Flex foi a primeira a ter direito à atualização estética, a 2.0 devendo ser lançada proximamente. A mecânica continua a mesma: motor de quatro cilindros turbo com injeção direta, 1.395 cm3 e 150 cv (a gasolina ou álcool), tração dianteira, câmbio automático de seis marchas, suspensão dianteira McPherson e traseira por barra de torção, freios a disco nas quatro rodas e direção com assistência elétrica.

Permanecem duas as opções de acabamento: Attraction e Ambiente. A primeira compreende ar condicionado, sete bolsas infláveis, controle eletrônico de estabilidade, sensor de estacionamento traseiro, sistema stop-go, faróis de xenônio com ajuste automático de altura e rodas de alumínio de 16″. À versão Ambiente são ainda agregados limpador de faróis e rodas de 17″.

 

     

Na traseira as alterações foram mais discretas: apenas a parte inferior do para-choque e o padrão das lanternas.

 





Google GmailFacebookTwitter
1 2 3 16