Novidades

FIAT UNO REVISADO

Com ele vem o primeiro 3 cilindros da marca

setembro 2016

Com pouco mais de seis anos de lançado, o Novo Fiat recebe sua primeira revisão estética (ou a segunda, caso se considere as irrelevantes alterações introduzidas no modelo 2015). Apenas faróis, grade e para-choque foram mudados, mas estes leves retoques transformaram bastante a dianteira, substituindo linhas ainda hoje originais por outras previsíveis e mais conservadoras.

Muito mais relevante do que este facelift parcial, porém, foi a chegada à linha de dois novos motores flex da família Firefly: um quatro cilindros de 1.332 cm3 e 101/109 cv e o muito aguardado primeiro três cilindros da marca – ambos de curso longo, com elevada taxa de compressão (13,2:1), bloco e cabeçote de alumínio e duas válvulas por cilindro com comando acionado por corrente. A cilindrada unitária é a mesma. A construção do dois motores é modular, ambos compartilhando cilindros, anéis, bielas e válvulas, assim como suas molas e alavancas de comando; em outras palavras, o motor maior foi o resultado da adição de mais um cilindros ao motor menor.

Seguindo a tendência mundial, os motores tiveram peso e atrito aliviados, de modo a maximizar eficiência energética e reduzir consumo. O resultado positivo foi atestado pelo Inmetro, que conferiu aos dois a classificação máxima A.

Com 999 cm3 e 72/77 cv, a unidade de três cilindros já se tornou o 1.0 aspirado de torque mais alto do país: 10,4 kgf.m com gasolina e 10,9 com álcool, superior à Ford (10,2 e 10,7), Volkswagen (9,7 e 10,4), Hyundai (9,4 e 10,2) e Nissan (9,4/10,2). Se o Firefly se destaca peloo torque, ele é discreto em potência, já que a Fiat optou por sacrificá-la a em nome da elasticidade. Assim, os 72/77 cv do novo 1.0 perdem para toda a concorrência: Ford (80/85), Volkswagen (75/82), Hyundai (75/80) e Nissan (77/77).

O Novo Uno 2017 chega em seis versões: Attractive 1.0, Way 1.0 e 1.3 e Sporting 1.3, os dois últimos com câmbio manual de cinco marchas ou automatizado Dualogic. Todos dispõem de direção com assistência elétrica e podem receber os pacotes de opcionais Comfort e Tech.

 

55-1-uno-attractive     55-2-uno-way

Fiat Uno Attractive 1.0 e Fiat Uno Way 1.3 – modelos 2017 com os novos motores da família Firefly





Google GmailFacebookTwitter

SUV CUPÊ X4

O sexto BMW nacional


A filial brasileira da BMW não descansa! Com pouco menos de dois anos de inaugurada, de sua fábrica de Araquari, Santa Catarina, já saíram sete modelos nacionalizados – seis com sua marca e um da britânica Mini – a caminhonete Countryman.

Com poucos meses de intervalo foram sucessivamente sendo colocados em linha os modelos 328i sedã, o SUV X1, os hatches 120i e 126i, o SUV X3, a atualização da Série 1, o Mini Countryman, a atualização do X3 e, no último dia de agosto, o novo X4.

Trata-se de um SUV cupê, ou um Crossover Médio Premium, mercadologicamente batizado SAC (Sports Activity Coupé) pela BMW. Disponível em uma única versão – xDrive28i X Line -, vem com motor 2.0 turbo de quatro cilindros e 245 cv, transmissão automática de oito marchas, suspensão totalmente independente (McPherson à frente e multilink atrás), freios a disco ventilados e tração nas quatro rodas.

Também fabricado nos EUA, Rússia, Egito, Malásia e Tailândia, os exemplares aqui montados ainda trazem reduzidíssimo conteúdo nacional, o que leva à equiparação do seu preço ao do modelo importado.

 

54-1-f     54-2-t





Google GmailFacebookTwitter
1 2 3 4 5 15