> > > AMORITZ

AMORITZ | galeria

Escritório de design do paulistano Fernando Morita, um dos três vencedores, em 2001, do quarto concurso nacional de design da Volkswagen, onde trabalhou por duas vezes, tendo inclusive estagiado na matriz alemã. Em meados da década inaugurou seu próprio estúdio – a Amoritz GT (ou AGT), onde customiza automóveis e projeta e constrói modelos únicos. A primeira criação da Amoritz foi o GT LSPS, na configuração 2+1, cujo protótipo não operacional foi apresentado em 2007, na exposição Xtreme Motorsports. Concluído dois anos depois, recebeu motor V8 de 5,3 litros.

Ainda em 2007, por encomenda do empresário paulista William Rosset, Morita iniciou o projeto do superesportivo DoniRosset (ou Amoritz GT DR7), com características técnico-estilísticas incomuns na produção nacional; o desenvolvimento técnico do carro ficou a cargo do engenheiro Alexandre Hirata. GT de três lugares, com posto de direção central, teria estrutura periférica de alumínio, carroceria de fibra de carbono, motor V10 de 8,4 l (central) do Chrysler Viper (612 cv, ou 1.007 cv, quando turbinado), câmbio seqüencial de seis marchas, suspensão independente nas quatro rodas por braços triangulares superpostos.

Concluído em 2012, dois anos depois o protótipo conquistou o 28o Prêmio Design Museu da Casa Brasileira, na categoria Protótipo em TransportesApesar da expectativa de venda de 50 unidades, o complexo protótipo do carro ainda não foi colocado em produção.

<amoritzgt.com.br>





Google GmailFacebookTwitter